SWP Talks#7 marca o Ciclo de Negócios da Fenadoce na sexta-feira (08)

Com o tema “Conectando Pessoas, Ideias e Negócios”, o SWP Talks #7 reuniu empreendedores de diversas áreas e foi destaque do Ciclo de Negócios da 26ª Fenadoce.  O evento que chegou a sua 7ª edição trouxe conteúdos através da parceria entre SouWebPel, Pelotas Parque Tecnológico, Co.Place Coworking e Conectar.

Abrindo o SWP Talks, o pelotense David Jeske contou sua história com a Imperatriz Doces Finos, empresa que começou pelas mãos da mãe dele, há 29 anos. “Para mim era um desafio trazer a inovação para um setor tão tradicional da cidade. Como inovar nesse setor? Não vou vender doces, vou vender histórias. A gente tem que mudar, não podemos nos acomodar”, afirmou David.

Na sequencia, aconteceu um Pitch de Startups da Zona Sul, onde sete empreendedores apresentaram suas startups para o público. As jovens empresas apresentadas no evento foram Fácil Consulta, PlugGzOne, Outabox, Hive, felizz, Austral e Digital Caverna. Encerrando a primeira parte do evento, Marcelo Paes, da Tantum Inovação, falou sobre Inovação Orientada pelo Desing. “Temos que falar de inovação, quando falamos em diferenciação. Enxerga o teu cliente e entrega algo que ele não tem. Não existe certo ou errado, mas sim uma série de possibilidades”, foi a dica do palestrante.

O conteúdo oferecido pela SouWebPel iniciou com a fala e apresentação do fundador da empresa, Leonardo Branco, que contou sua história com bom humor. No encerramento da fala, deixou uma dica aos participantes: “Empreender é um estado de espírito. É a energia que eu coloco nisso que faz o SouWebPel acontecer. Qualquer um pode colocar energia nos seus projetos e fazer acontecer, é só querer”, afirmou.

Logo após foi a vez do co-fundador da IzyPlay Games, Everton Vieira, apresentar a empresa pelotense e falar sobre economia criativa de games. “Objetivo, motivação e diversão: é fundamental produzir um jogo com base no divertimento que ele vai ter para o público”, falou Everton, que vive da criação de games desde 2003. Depois, os irmãos Ramon e Thomas Balverdu apresentaram a Carma Intervenções Sociais, uma empresa pelotense com objetivo de criar impacto social positivo através de intervenções que utilizem a cidade como plataforma.

Encerrando o evento, vindos de Porto Alegre, João Ramos e Wayner Bechelli, da Black Sheep Project, falaram sobre a atuação da empresa através do desbloqueio da inteligência coletiva. O objetivo é empoderar empresas por meio da democratização do conhecimento, buscando a contaminação, para que as pessoas façam a difusão desses ideais. “Inovação é a ovelha negra da nossa zona de conforto”, afirmou João.

Deixar uma resposta