Exclusive Sul é patrocinadora do SWP Talks #9

A empresa Exclusive Sul – Melhores Imóveis vai patrocinar o SWP Talks #9: SXSW 2019, que acontece na próxima terça-feira (07/05), Galeria NOW!, a partir das 18:40. Para Marcelo Nogueira, responsável pela empresa, o patrocínio é uma forma de contribuir para o convívio e a troca entre profissionais pelotenses que são destaque e referência em diferentes áreas.

“Um empresa de tecnologia que vende imóveis”: é assim quem Marcelo define a empresa, que atua em Pelotas há 21 anos. “O SWP tem tudo a ver com o tipo de trabalho que eu desenvolvo. Tenho clientes associados e que acompanham o SWP, frequentam os eventos, então fazer parte desse Talks é uma maneira de me aproximar ainda mais desse público”, conta.

Sobre a edição que vai abordar o SXSW 2019, Marcelo afirma que bons frutos poderão ser colhidos neste evento: “Espero muitas novidades! Acredito que todos vão poder agregar conhecimento, sobre os mais diversos setores, e que essa iniciativa vai gerar um momento de confraternização entre o pessoal do meio digital, que muitas vezes trabalha em áreas correlacionadas, mas nem sempre convivem uns com os outros”, encerra.

SouWebPel Talks #9 acontece na próxima semana

Na próxima terça-feira, dia 07 de maio, a Galeria NOW! vai receber o SWP Talks #9: SXSW 2019, mais uma edição do evento já consagrado em Pelotas. A iniciativa, que chegou a sua 9ª edição, é uma criação do SouWebPel – Ecossistema Digital de Pelotas, idealizado e criado por Leonardo Branco. O bate-papo, que vai acontecer das 18:40 às 22h, conta com a participação de César Paz e Ramiro Martini, profissionais da área de inovação e tecnologia, que participaram do SXSW 2019.

“A união da comunidade é o motor para o desenvolvimento do ecossistema digital da região Sul”, afirma Leonardo Branco. Segundo ele, o objetivo do SWP é aproximar profissionais, uma meta que tem sido alcançada através dos Talks. “Hoje o ‘ativo’ mais importante, além de promover eventos, é esse senso de comunidade que conseguimos criar ao longo dos anos de trabalho com o SouWebPel”, conta.

São convidados a participar do SWP Talks #9 profissionais e estudantes ligados às áreas de Desenvolvimento, Marketing, Comunicação, Gestão de Produtos, Design, Publicidade, e demais interessados nas temáticas de tecnologia e inovação. Os ingressos para o evento podem ser adquiridos através do link http://bit.ly/9swptalks, e os valores variam de R$35,00 a R$60,00. A Galeria NOW! está localizada na Rua Félix da Cunha, 778.

O SWP Talks #9: SXSW 2019 tem o patrocínio da Exclusive Sul, que será responsável pelas lembranças aos palestrantes, e realizará a entrega de 1 Long Neck , ou água, para aqueles que efetuarem a compra de ingresso.

Conheça os palestrantes:

César Paz é Engenheiro, fundador e ex-CEO da AG2, fundador e ex-presidente da ABRADi. Sócio das empresas Alright, MPQuatro, Delta, Zeeng, DEx01, Minovelt e Delta. Curador dos FIC 2016, 2017 e 2018, TED talker do TEDX POA 2017. Eleito pela plataforma Proxxima um dos 10 profissionais mais inovadores do mercado brasileiro em 2011. É mestre em design, professor universitário e um dos fundadores do Coletivo POA Inquieta.

Ramiro Martini é Empreendedor, com mais de 12 anos de experiência. Iniciou empresas de tecnologia, agências de viagens e marketing, recursos humanos, telefonia móvel, investimentos, corretora de seguros e restaurante. Atualmente é presidente da Cinco TI. Nos últimos anos, participou consecutivamente de alguns dos maiores eventos do mundo, como SXSW, Inspire, Dell World, Dreamforce da Salesforce, WebSummit, entre outros.

SouWebPel Talks #9 acontece na próxima semana

Na próxima terça-feira, dia 07 de maio, a Galeria NOW! vai receber o SWP Talks #9: SXSW 2019, mais uma edição do evento já consagrado em Pelotas. A iniciativa, que chegou a sua 9ª edição, é uma criação do SouWebPel – Ecossistema Digital de Pelotas, idealizado e criado por Leonardo Branco. O bate-papo, que vai acontecer das 18:40 às 22h, conta com a participação de César Paz e Ramiro Martini, profissionais da área de inovação e tecnologia, que participaram do SXSW 2019.

“A união da comunidade é o motor para o desenvolvimento do ecossistema digital da região Sul”, afirma Leonardo Branco. Segundo ele, o objetivo do SWP é aproximar profissionais, uma meta que tem sido alcançada através dos Talks. “Hoje o ‘ativo’ mais importante, além de promover eventos, é esse senso de comunidade que conseguimos criar ao longo dos anos de trabalho com o SouWebPel”, conta.

São convidados a participar do SWP Talks #9 profissionais e estudantes ligados às áreas de Desenvolvimento, Marketing, Comunicação, Gestão de Produtos, Design, Publicidade, e demais interessados nas temáticas de tecnologia e inovação. Os ingressos para o evento podem ser adquiridos através do link http://bit.ly/9swptalks, e os valores variam de R$35,00 a R$60,00. A Galeria NOW! está localizada na Rua Félix da Cunha, 778.

O SWP Talks #9: SXSW 2019 tem o patrocínio da Exclusive Sul, que será responsável pelas lembranças aos palestrantes, e realizará a entrega de 1 Long Neck , ou água, para aqueles que efetuarem a compra de ingresso.

Conheça os palestrantes:

César Paz é Engenheiro, fundador e ex-CEO da AG2, fundador e ex-presidente da ABRADi. Sócio das empresas Alright, MPQuatro, Delta, Zeeng, DEx01, Minovelt e Delta. Curador dos FIC 2016, 2017 e 2018, TED talker do TEDX POA 2017. Eleito pela plataforma Proxxima um dos 10 profissionais mais inovadores do mercado brasileiro em 2011. É mestre em design, professor universitário e um dos fundadores do Coletivo POA Inquieta.

Ramiro Martini é Empreendedor, com mais de 12 anos de experiência. Iniciou empresas de tecnologia, agências de viagens e marketing, recursos humanos, telefonia móvel, investimentos, corretora de seguros e restaurante. Atualmente é presidente da Cinco TI. Nos últimos anos, participou consecutivamente de alguns dos maiores eventos do mundo, como SXSW, Inspire, Dell World, Dreamforce da Salesforce, WebSummit, entre outros.

Conheça o Placy, a startup que vai revolucionar o consumo de serviços

O Placy é uma startup incubada no Ciemsul e sediada no Pelotas Parque Tecnológico, que chega com a proposta transformar para sempre o consumo de serviços.

Placy Startup
Placy Startup

A internet, nos últimos anos, proporcionou uma mudança drástica na forma como consumimos produtos, algo que, até agora, não pode ser percebido de maneira importante no mercado de serviços como um todo. Neste período, observamos o consumidor mudar seus hábitos de consumo ao buscar toda a comodidade de realizar a compra de produtos online, em detrimento da tradicional compra em loja física.

Por outro lado, ainda percebemos que o processo de contratação de serviços continua a acontecer de maneira lenta e ineficiente ao depender de contatos telefônicos e indicações, resultando em uma experiência, muitas vezes, insatisfatória. Apesar de existirem soluções voltadas a serviços pontuais, as quais possibilitam uma experiência diferenciada para a contratação de serviços, com destaque para Uber e Airbnb, ainda não existe um grande player que forneça tal experiência de maneira satisfatória para diversos serviços em uma só plataforma.

O Placy chega com a proposta de solucionar este hiato através de uma plataforma no modelo de marketplace de serviços, a qual possui como objetivo aproximar pessoas que desejam consumir e ofertar uma gama de diferentes serviços. O modelo inova ao introduzir o conceito de shopping center de serviços, onde, através de uma experiência simples e intuitiva, permite que o usuário complete sua jornada de consumo em um só acesso à plataforma, de forma rápida, simples e intuitiva.

Com o Placy, a contratação de serviços pode ser realizada em poucos minutos, algo que pode levar dias quando feito da maneira tradicional. Na prática, o cliente pode escolher dentre os diversos prestadores de serviços das diferentes especialidades cadastradas na plataforma e agendar a realização do serviço no ato. O pagamento pode ser feito através de dinheiro, boleto, débito online ou cartão de crédito com possibilidade de parcelamento. Assim que o serviço é realizado, o cliente pode avaliar o profissional contratado de maneira a auxiliar futuros clientes na escolha do prestador de serviços ideal.

A plataforma encontra-se em fase de cadastramento de profissionais para prestação de serviços em diversas áreas. Interessados poderão obter mais detalhes sobre a plataforma e realizar seu cadastro através do site www.placy.com.br

 SWP Summit #8 deixou legado de conhecimento e arte

Mais de 300 pessoas mergulharam em temas da transformação digital nos três dias de SWP Summit #8(http://souwebpel.com.br), realizado de 30/11 a 2/12, no Pelotas Parque Tecnológico. Palestras e painéis aprofundaram assuntos como design, futuro do trabalho, comportamento das redes sociais, mudanças culturais, comunicação e outros que permeiam a transformação digital. O evento ainda contou com workshops, grupos temáticos e momentos de lazer com food trucks, tatuagem, música ao vivo e live painting, com artistas grafiteiros que deixaram sua marca no muro do parque.

 

“Não acredito que só a transformação digital deve ser levada em consideração, é preciso que ocorra uma transformação pessoal e cultural todos os dias e foi isso que os palestrantes convidados trouxeram”, avaliou Leonardo Branco, criador do SWP. Ele destaca ainda que este ano o evento cresceu em conteúdo com o SWP Learn, que visa proporcionar capacitação para profissionais iniciantes ou especialistas em suas áreas de interesse e o SWP Equidade, grupo que veio para falar sobre diversidade dentro das empresas. “Certamente irá sair desse núcleo uma consultoria especializada para que todas as empresas possam levar esse tipo de conteúdo para o dia a dia”, salienta.

 

Outra novidade foi a abertura gratuita na sexta-feira, que trouxe o tema da relação das marcas com a imprensa, debatido pelas jornalistas Alessandra Senna, Coordenadora de Telejornalismo da RBS TV Pelotas e Márcia Christofoli, Publisher do Portal Coletiva.net. E a apresentação do Projeto Persona, da RBSTV, com dados relacionados ao consumo, empreendedorismo, utilização da internet e momento financeiro dos gaúchos, apresentados por Haroldo Amaral Jr, Gerente-executivo da RBSTV.

 

Como legado artístico, o SWP Summit deixou um muro novo parque. Em apenas dois dias, Veys e Ges, dois artistas do cenário pelotense e nacional, fizeram um live painting, dando uma nova vida ao muro do pátio do parque. O curador da ação foi Maurício Nerva, convidado pela organização do SWP Summit para idealizar os espaços artísticos do evento. A decisão pelo tema do painel foi dos artistas, que optaram por fazer uma referência não apenas ao evento, que trata sobre tecnologia e inovação, mas também ao Pelotas Parque Tecnológico.

 

Fechando as palestras do SWP Summit #8, o Heryk Slawski, UX Designer e Program Manager na Tera, apresentou a 1° pesquisa feita no Brasil sobre o Futuro do Trabalho”. Heryk falou sobre a sua trajetória profissional e também dados da pesquisa, que aponta a transformação digital como uma questão de tempo. “Essa corrida não é contra as máquinas, e sim como podemos usar elas a nosso favor e caminhar com elas. O que a gente puder automatizar, vamos passar para o robô, porque somos humanos e precisamos usar nossa cabeça para pensar”, afirmou.

 

Live painting durante o SWP Summit #8 levou a tecnologia para os muros

Durante o sábado e domingo, enquanto todas atividades do SWP Summit #8 estavam em andamento, dois artistas transformavam um dos espaços em que acontecia o evento e integra o Pelotas Parque Tecnológico. Em apenas dois dias, Veys e Ges, dois artistas do cenário pelotense e nacional, fizeram um live painting, dando uma nova vida ao muro do pátio do parque.

 

O curador da ação foi Maurício Nerva, convidado pela organização do SWP Summit para idealizar os espaços artísticos do evento. Ele foi o responsável por chamar os dois artistas, que possuem um estúdio na cidade, para fazerem a criação do painel. A decisão pelo tema do painel foi dos artistas, que optaram por fazer uma referência não apenas ao evento, que trata sobre tecnologia e inovação, mas também ao Pelotas Parque Tecnológico.

 

Gabriel, conhecido como Veyz, trabalha com o grafite desde 1998. Natural de Pelotas, ele já participa com frequência de eventos nacionais e internacionais, colabora com marcas nacionais na criação de estampas e tem forte atuação pelo país. Ele e Guilherme, que usa o codinome Ges e é atuante desde 2004 no grafite e também com experiência internacional, comandam o estúdio Seriwall Killers, em Pelotas. Trabalhando juntos há oito anos, eles têm uma sintonia que pode agora ser percebida no muro do parque. “A ideia foi de criar um painel mais futurista, que interagisse com o espaço em que ele está e com a tecnologia”, explicou Ges.

 

Os artistas destacaram que o grafite não é um trabalho simples, principalmente porque é cercado de riscos durante o início da carreira. O sucesso deles, porém, vem muito dessa época, principalmente porque contam que não perderam a essência do gosto pela adrenalina e os desafios de cada novo trabalho. Já com as carreiras consolidadas e parcerias com marcas nacionais, eles deixam dicas para quem também pensa em seguir a carreira. “Primeiro tem que se aprender as técnicas principais do desenho, isso é fundamental. Depois, sim, deve partir para o spray”, explicou Ges. Já Veyz lembra que não é fácil começar, mas o treino ajuda. “No início dá um desânimo porque é realmente difícil, mas logo vai aprimorando os traços”, disse.

 

O mural foi finalizado durante o domingo e recebeu o elogio de Rosane Ribeiro, diretora executiva do parque. “Agora o parque tem mais um espaço criativo para as pessoas se conectarem a ele, por isso agradecemos o SWP pelo legado”, disse ela.

Design, equidade e o futuro do trabalho na pauta da última tarde do SWP Summit #8

 

Abrindo as atividades da tarde de domingo (2/12), Laura Terra apresentou a palestra “Da escrita simples à máquina de vendas: como construir conteúdos vendedores”. Jornalista, responsável por parte da área de Conteúdo Estratégico no GuiaInvest, Laura apresentou oito passos para aplicar o copywriting nas empresas, tornando os textos mais persuasivos. “É preciso estar atento à persona com que você trabalha. O conteúdo é focado no cliente, ele começa e termina no cliente”, afirma.
Tobias Mulling, Professor de Design na UFPEL, apresentou a palestra “Design transforma? Projetando confiança através do design de serviços”. Ele falou sobre o processo de estabelecer confiança com os clientes através do design e apresentou a visão de diferentes autores. “Se todos os atores envolvidos no serviço não me trouxerem confiança, eu posso acabar por desistir desse serviço”, afirma Tobias, que também apontou o mapeamento de experiência dos usuários, e o encontro dos pontos de contato, como forma de auxiliar o processo contínuo da confiança.
O Gerente de Projetos da Possible, Alexandre Leite, trouxe a palestra “Conhecimento lúdico, metáforas e curiosidade: a forma ágil de viver projetos”. Alexandre contou sua trajetória, e os motivos que o levaram a unir o Lego Serious Play ao Visual Thinking, criando então um workshop com objetivo de auxiliar pessoas e grupos de projetos. As atividades baseadas em questionar, construir, compartilhar e refletir buscam desenvolver um processo de empatia e reconhecimento dentro de grupos de trabalho, auxiliando o desenvolvimento de projetos nas empresas.

 

A galera do “SWP Talks: Equidade” subiu ao palco do SWP Summti #8 novamente para responder uma série de questões que foram enviadas via whatsapp ao longo do evento. O Comitê Equidade elaborou um Talks colaborativo, para uma conversa sobre multiplicar ideias de igualdade. Seis jovens comunicadores e líderes de equipe, com formação em marketing, publicidade e jornalismo, com muitas diferenças pessoais e o objetivo de debater a diversidade e os princípios de equidade no mercado de trabalho.

 

“Por que pessoas e organizações precisam compartilhar mais?” foi o tema da palestra do Luiz Gilberto, CEO da Startup Donamaid, sediada no Pelotas Parque Tecnológico. Ele apresentou dados referentes ao não compartilhamento de materiais, como furadeiras e carros, e comentou as dificuldades enfrentadas para fazer crescer os serviços de compartilhamento. Foram apresentadas três barreiras: física, dificuldade em pedir ajuda e falta de confiança. “O problema é conosco, não com a economia compartilhada”, afirmou Luiz, que também apresentou os pilares da Donamaid enquanto uma empresa aberta.
Fechando as palestras do SWP Summit #8, o Heryk Slawski, UX Designer e Program Manager na Tera, trouxe a palestra “Re:Trabalho: Insights sobre a 1° pesquisa feita no Brasil sobre o Futuro do Trabalho”. Heryk falou sobre a sua trajetória profissional e também dados da pesquisa, que aponta a transformação digital como uma questão de tempo. “Essa corrida não é contra as máquinas, e sim como podemos usar elas a nosso favor e caminhar com elas. O que a gente puder automatizar, vamos passar para o robô, porque somos humanos e precisamos usar nossa cabeça para pensar”, afirma ele, que também falou sobre projetos criados pela Tera.
O SWP Summit #8 encerrou os três dias intensos de programação e conteúdo com um happy hour no pátio do Pelotas Parque Tecnológico, onde rolou música ao vivo da banda Dr. Mollina, e chopp de graça, oferecido pela Chopp 35.

 

Saiba o que rolou na manhã de domingo (02) no SWP Summit #8

Retomando as atividades do SWP Summit #8,  André Tessmann, Technologist na FLAGCX, abriu o dia com a palestra “Consciência, tecnologia e a transformação da sociedade”.  “O grande problema do humano é a cegueira e a distração. Esse olhar deve ser transformado”, afirmou o pelotense, que também falou sobre a sua formação e experiências no mercado de trabalho. André comparou a consciência humana com um grande país, que tem seu próprio líder, habitantes ministérios e necessidades, e falou sobre a importância de refletir sobre as criações: “O tipo de tecnologia presente no mundo é uma evidência da qualidade da nossa consciência”, afirma.

Na sequência, a patrocinadora institucional do SWP Summit #8, Nodo – Consultoria, Design e Desenvolvimento, realizou nesta manhã o Painel “Adaptação e quebra de paradigmas: a nova cultura de negócios”, tendo como tema principal a Transformação Digital. Além de apresentar a empresa, o processo criativo e o fluxo de trabalho da Nodo, os participantes do painel também deram dicas e responderam questões do público sobre experiências com a empresa.

Felipe Wuensche, Analista de Negócios, e Rafael Curi, Designer da Nodo, realizaram a apresentação da empresa, apontando os processos de criação e funcionamento da empresa. Eles ressaltaram que a Nodo busca oferecer soluções de ponta a ponta para os seus cliente, desde a concepção até a entrega. A importância da interação e integração entre os times da empresa, desde a chegada dos projetos até o momento de entrega, foi um dos temas destacados pelos palestrantes, que também apresentaram produtos e soluções gerados pela Nodo para diferentes clientes dentro e fora do Brasil.

 

O primeiro workshop do dia foi o SWP Learn “Como fazer meu projeto funcionar?”, ministrado pelo Marcelo Bacchieri, certificado PMP do Project Management Institute e ainda CertifiedScrum Master. Ele falou sobre Gestão de Projetos, e levou um conjunto de informações para os participantes pesquisarem, e dicas sobre formas de fazer os projetos não darem tão errado. Marcelo conta que tem apreço por falar sobre gestão de projetos, e que fazer isso dentro do SWP é uma experiência especial: “Gosto muito de trazer informações novas para as pessoas, e fazer isso aqui em Pelotas é muito bacana, pois vemos que a informação vai, e necessariamente retorna, já que vemos  esses projetos acontecerem aqui”, encerra.

SWP Learn: “Como fazer meu projeto funcionar?”

O primeiro workshop do dia foi o SWP Learn “Como fazer meu projeto funcionar?”, ministrado pelo Marcelo Bacchieri, certificado PMP do Project Management Institute e ainda CertifiedScrum Master. Ele falou sobre Gestão de Projetos, e levou um conjunto de informações para os participantes pesquisarem, e dicas sobre formas de fazer os projetos não darem tão errado.

 

Marcelo conta que tem apreço por falar sobre gestão de projetos, e que fazer isso dentro do SWP é uma experiência especial: “Gosto muito de trazer informações novas para as pessoas, e fazer isso aqui em Pelotas é muito bacana, pois vemos que a informação vai, e necessariamente retorna, já que vemos  esses projetos acontecerem aqui”, encerra.

Painel sobre a nova cultura de negócios foi realizado pela Nodo, no SWP Summit #8

A patrocinadora institucional do SWP Summit #8, Nodo – Consultoria, Design e Desenvolvimento, realizou nesta manhã o Painel “Adaptação e quebra de paradigmas: a nova cultura de negócios”, tendo como tema principal a Transformação Digital. Além de apresentar a empresa, o processo criativo e o fluxo de trabalho da Nodo, os participantes do painel também deram dicas e responderam questões do público sobre experiências com a empresa.

 

Felipe Wuensche, Analista de Negócios, e Rafael Curi, Designer da Nodo, realizaram a apresentação da empresa, apontando os processos de criação e funcionamento da empresa. Eles ressaltaram que a Nodo busca oferecer soluções de ponta a ponta para os seus cliente, desde a concepção até a entrega. A importância da interação e integração entre os times da empresa, desde a chegada dos projetos até o momento de entrega, foi um dos temas destacados pelos palestrantes, que também apresentaram produtos e soluções gerados pela Nodo para diferentes clientes dentro e fora do Brasil.

 

Além deles, participaram do painel outros dois integrantes da Nodo: Vitor Alano, Desenvolvedor, e Diogo Santo, Gerente de Projetos da empresa. Juntos, eles estabeleceram um bate papo com o público, contando diferentes experiências vividas pela equipe, ressaltando dificuldades e soluções encontradas por eles. A Nodo é uma agência de produtos digitais especializada em soluções web e mobile personalizadas de alta qualidade, impulsionando empresas, startups e marcas líderes de mercado, a explorar novas fontes de crescimento através da tecnologia.